Ossobuco Suculento: A Estrela do Seu Churrasco

A deliciosa e reconfortante iguaria conhecida como “ossobuco” cativa paladares com sua textura macia e sabor profundo. Originário da culinária italiana, o ossobuco é um prato que transcende fronteiras, conquistando apreciadores ao redor do mundo. Com sua carne de vitela ou boi cozida lentamente, resultando em fibras tenras e suculentas, o ossobuco oferece uma experiência gastronômica que celebra a simplicidade e a excelência culinária. Seja acompanhado de um risoto cremoso ou servido com uma variedade de acompanhamentos, o ossobuco suculeto é uma verdadeira celebração do prazer de saborear.

Ossobuco suculento

Qual a parte do boi que é o ossobuco?

O ossobuco é uma deliciosa porção de carne que provém da parte mais baixa e muscular das patas dianteiras do boi. Mais especificamente, é retirado da parte onde o músculo do braço encontra o joelho do animal. A característica distintiva do ossobuco é a presença do osso com a medula no centro, que contribui para o sabor profundo e o colágeno que se derrete durante o cozimento lento. Essa combinação de carne, osso e medula confere ao ossobuco sua textura suculenta e rica em sabor, tornando-o uma escolha popular em pratos de cozimento longo e preparações tradicionais.

A carne de ossobuco é conhecida por sua riqueza em colágeno, que, quando cozido lentamente, se transforma em gelatina, conferindo uma textura macia e suculenta ao prato. Tradicionalmente usado em receitas como o famoso “Ossobuco alla Milanese” da culinária italiana, esse corte é frequentemente cozido em um molho aromático e servido com acompanhamentos como risoto ou polenta, criando um prato reconfortante e cheio de sabor. A popularidade  se deve à combinação de sua carne saborosa e ossos que contribuem para a riqueza do caldo, resultando em uma experiência culinária memorável.

Ossobuco fresco

Que tipo de carne e ossobuco?

O ossobuco é tradicionalmente feito com carne de vitela, que é carne de bezerro jovem. No entanto, ao longo do tempo, a popularidade desse prato levou à adaptação com outros tipos de carne, como carne bovina de animais mais velhos. Portanto, é possível encontrar feito tanto com carne de vitela quanto com carne de boi.

A carne de vitela é conhecida por ser mais tenra e delicada em comparação com a carne de boi mais velho, resultando em um ossobuco macio e suculento quando cozido. No entanto, a carne bovina de animais mais maduros também pode ser utilizada para fazer ossobuco, embora possa exigir um tempo de cozimento um pouco mais longo para amaciar completamente.

Independentemente do tipo de carne escolhida, o osso com a medula no centro é um componente essencial do ossobuco, contribuindo para o sabor e a textura do prato. Portanto, a escolha entre carne de vitela ou carne bovina dependerá de suas preferências pessoais e disponibilidade de ingredientes.

Qual outro nome se dá?

É conhecido por esse nome em muitas partes do mundo, mas em algumas regiões e línguas, ele também é referido por outros termos. Um dos termos alternativos para ossobuco é “ossobuco alla milanese”, que é uma versão específica desse prato originária da cidade de Milão, na Itália.

Além disso, em algumas regiões italianas, pode ser chamado de “oss bus” ou “ossobuchi”, que são variações fonéticas do nome original. Em outras culturas e línguas, pode ser chamado por termos que fazem referência à carne com osso e medula, enfatizando suas características únicas.

Independentemente do nome pelo qual é conhecido,  é apreciado em muitas culinárias ao redor do mundo devido à sua textura suculenta e saboroso caldo, resultante do osso com a medula presente no corte.

Ossobuco finalizado com salsinha

Qual a diferença de ossobuco e mocotó?

São dois pratos distintos, cada um com suas características únicas, embora ambos envolvam partes do boi e sejam conhecidos por serem pratos saborosos e reconfortantes. Aqui estão as diferenças entre os dois:

Ossobuco:

  • É um prato originário da culinária italiana, especificamente associado à região de Milão.
  • É feito com cortes transversais das patas dianteiras do boi ou da vitela, onde a carne circunda o osso com a medula, conferindo sabor e textura distintos.
  • É frequentemente cozido lentamente, em um molho aromático que pode incluir tomate, vinho, caldo e temperos, resultando em carne macia e saborosa, além de um caldo rico e gelatinoso.
  • É frequentemente servido com acompanhamentos como risoto, polenta ou massas.

Mocotó:

  • O mocotó é um prato tradicional da culinária brasileira, especialmente associado à região nordeste do Brasil.
  • Mocotó é feito a partir das patas dianteiras do boi, onde o mocotó é o osso que contém cartilagem, tendões e gelatina.
  • Geralmente é preparado como uma sopa ou ensopado, cozinhando o mocotó até que a gelatina se dissolva, resultando em um caldo espesso e saboroso.
  • É frequentemente servido com legumes, verduras, temperos como pimenta e coentro, e acompanhado por arroz branco.

Portanto, a principal diferença entre ossobuco e mocotó reside nas partes do boi utilizadas, nas técnicas de cozimento e nos acompanhamentos tradicionais, refletindo a diversidade da culinária italiana e brasileira.

Receita de Ossobuco Suculento

O ossobuco é um corte de carne bovina cheio de sabor e perfeito para um churrasco. A combinação do osso com a carne resulta em uma textura incrivelmente suculenta e um sabor único. Aqui está uma receita simples para preparar um delicioso ossobuco suculento no churrasco:
Tempo de preparação30 minutos
Tempo de Preparo2 horas
Tempo total2 horas 30 minutos
Curso: Prato Principal
Cozinha: Italian
Palavra-chave: ossobuco, peito bovino
Porções: 4 pessoas
Custo: 50

Equipamento

  • 1 churrasqueira média aquecida
  • 1 panela para churrasco
  • papel alumínio
  • Folhas de louro

Ingredientes

  • 4 pedaços ossobuco(cerca de 2cm de espessura)
  • Sal grosso a gosto
  • Pimenta do reino a gosto
  • 4 dentes de alho picados
  • 2 colheres de sopa azeite de oliva
  • 1 cebola grande cortada em rodelas
  • 2 cenouras grandes cortadas em rodelas
  • 2 talos de aipo cortados em rodela
  • 1 xícara vinho tinto seco
  • 2 xícaras caldo de carne

Instruções

  • Preparação inicial: Tempere os pedaços de ossobuco com sal grosso e pimenta-do-reino a gosto. Certifique-se de temperar ambos os lados da carne.
  • Marinada: Em uma tigela, misture o alho picado e o azeite de oliva. Esfregue essa mistura sobre os pedaços de ossobuco para dar sabor extra. Deixe marinar por pelo menos 30 minutos.
  • Preparação da grelha: Prepare a churrasqueira para o calor médio. Se estiver usando carvão, espalhe as brasas de modo a criar uma zona direta e uma zona indireta.
  • Grelhar o ossobuco: Coloque os pedaços de ossobuco na zona direta da grelha e sele cada lado por cerca de 2-3 minutos, até obter uma boa crosta dourada. Isso ajuda a selar os sucos da carne.
  • Refogar os vegetais: Em uma panela própria para churrasco, aqueça um pouco de azeite de oliva e refogue a cebola, as cenouras e o aipo até que fiquem levemente dourados.
  • Montagem do ossobuco: Coloque os pedaços selados de ossobuco sobre os vegetais refogados na panela. Adicione as folhas de louro.
  • Deglaçar e cozinhar: Despeje o vinho tinto na panela para deglaçar, raspando os pedaços dourados da carne e dos vegetais do fundo da panela. Deixe o vinho reduzir um pouco.Adicione o caldo de carne à panela até cobrir parcialmente os pedaços de ossobuco.Cubra a panela com papel alumínio e leve-a para a zona indireta da churrasqueira.
  • Cozinhar lentamente: Deixe o ossobuco cozinhar lentamente por cerca de 2-3 horas, virando os pedaços ocasionalmente e adicionando mais caldo de carne conforme necessário para manter a umidade.
  • Verificar o ponto: O ossobuco estará pronto quando a carne estiver macia e se desprendendo do osso. Verifique a cada 30 minutos para evitar que fique seco. A carne deve estar suculenta e tenra.
  • Servir: Retire os pedaços de ossobuco da churrasqueira e sirva-os com os vegetais e molho por cima. Pode ser acompanhado de polenta, purê de batatas ou outro acompanhamento de sua preferência.

Aproveite o delicioso ossobuco suculento preparado no churrasco, com todos os sabores intensos e a carne derretendo na boca! Lembre-se de ajustar o tempo de cozimento de acordo com o tamanho dos pedaços de ossobuco e a temperatura da sua churrasqueira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recipe Rating